Público-alvo

  1. Comunidade científica: procura informação muito específica como instrumento auxiliador na construção de novo conhecimento e de metodologias de trabalho;
  2. Comunidade académica: apresenta ao sistema questões com algum  grau de especificidade, como por exemplo, o funcionamento das políticas europeias ou o funcionamento das instituições comunitárias;
  3. Cidadão europeu: procura informação diversa, com ou sem grau de especificidade, e respostas para os seus problemas práticos, como por exemplo, os seus direitos em determinado Estado-membro.